e-mail

ESQUIZOFRÊNICO

Custódio José Ferreira, ou Thótes, como é mais conhecido aqui na Escola, pega sempre três ônibus para poder vir para seus atendimentos. Nessa sua rotina de viagens intermináveis e muita espera em pontos de ônibus, Thótes ouviu algumas conversas e das partes destas, criou essa fantástica poesia. Com vocês, ESQUIZOFRÊNICO:

Esquizofrênico

Toda vez que eu tento me declarar,

O seu desprezo me deixa assim tão estático

E tentar te esquecer não dá,

Se pelo seu amor eu sou fanático.

O seu desprezo me deixa esquizofrênico,

Eu já não rezo, eu que era tão católico.

Me dá vontade de tomar arsênico,

Por sua culpa estou ficando neurótico!

Porque você é assim tão complicada,

Que até parece matemática!

E só vive dando mancada;

É linda, mas comigo é antipática!

Para te amar eu vivo cheio de energia,

Mas pelo jeito terei de mudar a tática.

Já cansei de te amar na teoria,

Hoje quero te amar na prática!

THÓTES